Como a educação financeira pode contribuir com seus investimentos

Se você já começou a atuar no incrível mundo dos investimentos, saiba que a educação financeira é um pilar fundamental para ter sucesso!

Publicidade
Fonte: Google Imagens

Basicamente, a educação financeira vai te ajudar a fazer escolhas mais assertivas e mais conscientes. Por isso, deve ser uma atividade constante na vida de qualquer investidor, independente se você é um expert ou iniciante na área.

Publicidade

Afinal, não há dúvidas de que a educação e o conhecimento são as melhores formas de aprimorar as suas estratégias e técnicas de investimentos, não é mesmo?

Publicidade

Através dele, você pode aprender como otimizar melhor os seus recursos financeiros, e se planejar para atingir os resultados que sempre sonhou.

Uma das bases mais importantes para ter sucesso no ramo dos investimentos, é investir constantemente em conhecimento. E isso vale independente do fato de você ser um investidor conservador, moderado ou arrojado.

Publicidade

E, se você chegou até esse post, é porque já tem uma pequena noção do quanto isso é importante.

Por isso, hoje resolvemos trazer um texto para te ajudar a compreender melhor como a educação financeira pode contribuir com os seus investimentos. Confira ainda o porquê de sempre pontuarmos a sua importância.

Com isso, nossa intenção é te dar algumas dicas úteis e muito boas, de como inserir a educação financeira dentro do seu dia a dia como investidor. Preparado? Então, vamos lá!

Qual é a função da educação financeira?

Começando pelo básico, a educação financeira te ajudará a entender muito melhor sobre os investimentos, como eles funcionam, e quais estratégias são as mais assertivas para atingir os seus objetivos.

Assim, é através do planejamento financeiro e da sua organização, que você conseguirá, gradualmente, ter mais segurança ao investir.

A educação financeira, portanto, serve para muitas finalidades, sendo as principais:

Auxilia no planejamento financeiro

Bom! Você já deve saber que, para fazer uma boa gestão dos seus recursos financeiros, primeiramente, é necessário ter um bom planejamento financeiro, não é mesmo?

Criar um planejamento te ajudará a definir os seus objetivos, e o norte para o qual deve seguir em busca de alcançar a sua meta final.

Além disso, o planejamento financeiro te ajuda a visualizar de uma forma muito melhor e mais clara, como está, realmente, a sua vida financeira.

E o resultado dessa análise é a base para pensar de forma estratégica, e traçar as suas próximas metas para o curto, médio e longo prazo.

Dessa forma, podemos dizer que são as informações e insights obtidos no seu planejamento financeiro, que vão te mostrar o caminho das suas futuras projeções.

Pois é através dele que você vai entender melhor os seus gastos, e encontrar pontos que pode melhorar.

Mas, afinal, como o planejamento financeiro vai impactar nos seus investimentos? Ao ter um bom e contínuo planejamento das suas finanças, você conseguirá traçar os seus objetivos de investimentos e se manter fiel a eles, de forma a atingir a sua meta principal.

Te ajuda a ter mais organização financeira

Quem quer investir, precisa criar o hábito de ser organizado financeiramente, ou o resultado pode não ser o esperado.

Ter organização financeira significa sempre procurar controlar as suas entradas e saídas do orçamento, o que levará à criação do planejamento financeiro.

Esse é o momento de ser mais analítico e estratégico frente aos seus números. E entender como o seu orçamento está andando e evoluindo mês a mês.

Publicidade

Caso você descubra que a sua vida financeira está no vermelho, o mais correto é, primeiramente, corrigir o que está errado. Assim como se organizar financeiramente para poder investir com mais segurança e tranquilidade.

Criar uma reserva de emergência

Qualquer material sobre investimentos é unânime em afirmar a necessidade de se criar uma reserva financeira, antes de começar a direcionar dinheiro para investimentos e Bolsa de Valores.

Ao estudar mais sobre o assunto, você poderá entender muito melhor como criar a sua reserva de emergência da maneira mais eficaz. E onde você pode aplicar esse dinheiro para que ele não se desvalorize, e fique acessível imediatamente para quando você precisar.

Ter uma reserva de emergência te dará mais segurança na hora de começar a aplicar o seu dinheiro em investimentos como renda fixa e Bolsa de Valores.

Publicidade

Pois você sabe que, se perder tudo, ainda assim terá a sua reserva guardada para lidar com eventuais problemas.

O ideal é que a reserva de emergência seja de 6 meses o valor do seu custo de vida mensal. Ou seja, se você precisa de R$2.000,00 para pagar as contas todos os meses, a sua reserva precisa ter R$12.000,00.

Além disso, vale ressaltar que o dinheiro que você separar mensalmente para investir, deve ser um dinheiro que não vai te fazer falta ao longo do mês
Principalmente se você ainda se encontra em uma situação de ter as finanças no vermelho, ou não conseguir poupar muito por mês.

Caso contrário, você pode acabar afetando o seu pagamento de contas e se endividando, o que não é nada bom e nem aconselhável.

Como investir em educação financeira?

Atualmente, existem diversas formas de aprender mais sobre finanças!

Se você não possui dinheiro para gastar com cursos sobre o assunto, você pode recorrer a textos, artigos, aulas gratuitas, webinars e canais do YouTuber que oferecem conteúdos construtivos sobre finanças.

Comece buscando por conteúdos que explicam o básico sobre as finanças. E, conforme você for entendendo melhor o assunto, você pode começar a se aprofundar e estudar mais sobre tipos de investimentos, estratégias e hábitos que ajudam a ter sucesso na área.

Publicidade

Agora, se você está disposto a investir dinheiro para aprender mais sobre finanças e investimentos, você pode procurar por alguma opção de curso online sobre assuntos que te interessam, e separar algumas horas na semana para se dedicar a esse estudo.

Gostou das nossas dicas? Se você tem dúvidas sobre investimentos, não deixe de compartilhar com a gente, e dar uma olhada nos demais artigos sobre o tema que disponibilizamos todas as semanas no site!

Leia também