Crise Financeira? Aprenda como se preparar financeiramente

Se você está preocupado com sua situação financeira a longo prazo, é compreensível que você esteja pensando em como se preparar para uma possível crise financeira.

Publicidade

Afinal, precisamos considerar essas situações na nossa vida sempre, pois nunca sabemos o que pode acabar acontecendo, e as situações inesperadas que acabam nos afetando financeiramente, certo?

Publicidade

Pensando nisso, resolvemos separar aqui algumas dicas para evitar as crises financeiras, e as principais regras que vão te ajudar a nunca precisar passar por essa situação!

Publicidade

Então, se você é uma pessoa preocupada com as suas finanças e que deseja se preparar para qualquer coisa, continue a leitura aqui com a gente para conferir as melhores estratégias.

Publicidade

O que é uma crise financeira?

Uma crise financeira é uma situação em que há uma grande instabilidade no sistema financeiro, o que pode resultar em uma queda significativa no valor das ações, no aumento do desemprego, na desvalorização da moeda e na falência de empresas.

Geralmente, as crises financeiras ocorrem devido a fatores como recessão econômica, especulação financeira, falta de confiança do mercado, falta de regulamentação adequada e excesso de endividamento.

As crises financeiras podem ter impactos significativos na vida das pessoas, na economia de um país e até mesmo em escala global. Por isso, é importante se preparar financeiramente para lidar com essas situações.

Qual a importância de se preparar para uma crise financeira?

Preparar-se financeiramente para crises, é fundamental para garantir a segurança e a estabilidade financeira em tempos difíceis.

As crises econômicas podem afetar, significativamente, a renda, o emprego e o poder de compra das pessoas.

Quando essas situações acontecem, ter uma reserva financeira ou um plano de contingência pode ser a diferença entre sobreviver, ou afundar em dívidas e problemas financeiros.

Por isso, dizemos que, se preparando financeiramente para crises, é possível criar um fundo de emergência para cobrir despesas essenciais, como aluguel, alimentação, saúde e outros custos básicos.

Assim, você continuará bem, e terá as mesmas condições de vida por um tempo, até que tudo volte a se ajustar.

Outro benefício importante de se preparar financeiramente para crises é que, ao tomar medidas preventivas, é possível evitar decisões financeiras precipitadas e erradas, que podem piorar ainda mais a situação financeira em momentos de crise.

Com uma boa organização financeira para essas situações, você enfrentará as adversidades com mais tranquilidade e segurança, evitando o endividamento excessivo, a inadimplência, assim como outras consequências negativas que as crises econômicas podem trazer!

Publicidade

7 Dicas para lidar com uma crise financeira

Certo! Sabendo de tudo isso, você pode estar se perguntando: mas como posso me preparar, da forma correta, para lidar com as crises financeiras?

Para te ajudar com isso, separamos aqui as 7 melhores dicas para lidar com uma crise financeira, e evitar que elas impactam muito na sua vida. Confira!

Crie um fundo de emergência

A primeira dica é criar um fundo de emergência de 12 a 24 meses, ou seja, juntar o valor do seu custo de vida mensal para cobrir de 12 a 24 meses de crise.

Isso quer dizer que, se o seu custo de vida mensal é de cerca de R$2.000,00, o ideal é que você junte R$2.000,00 x 12 = R$24.000,00.

Embora o ideal seja economizar o suficiente para três a seis meses de despesas, é melhor ser mais conservador. Tenha um fundo maior caso ocorra uma demissão ou uma crise.

Publicidade

Pois isso ajudará a manter suas finanças estáveis, ​​e garantirá que você possa cobrir seus gastos básicos durante um período difícil.

Minimize as suas dívidas

Outra dica é minimizar, ao máximo, suas dívidas com juros altos, como as de cartão de crédito, por exemplo.

Você pode tentar negociar as taxas de juros com o emissor do cartão, ou transferir sua dívida para um cartão com juros mais baixos.

Consolidar suas dívidas também pode ajudar a reduzir seus pagamentos mensais, e liberar capital que pode ser necessário em uma emergência.

Renegocie os seus financiamentos

Se você possui algum financiamento que está próximo do prazo, é recomendável negociá-lo, caso perceba que uma crise financeira está se aproximando.

Isso porque as taxas de juros tendem a aumentar nesses períodos, e ter uma taxa mais baixa pode proteger suas finanças.

Reduza suas despesas

Se acontecer de você precisar passar por uma crise financeira, é importante identificar as áreas onde você pode cortar gastos desnecessários.

Isso pode incluir coisas como comer fora, compras impulsivas ou serviços que você não usa com frequência.

Se você já tem um orçamento para lidar com crises, ótimo! Mas tente, ainda assim, reduzir o seu gasto mensal, pois nunca sabemos quanto tempo uma crise vai durar.

Considere fontes adicionais de renda

Se possível, procure outras formas de ganhar dinheiro, como trabalho freelance, vendas on-line ou aluguel de um quarto extra em sua casa.

Em situações de crise, esse dinheirinho extra vai fazer muito a diferença e vai evitar que você precise usar toda a reserva que já juntou.

Procure ajuda profissional

Se você está lutando para lidar com suas finanças e está tendo uma crise financeira interna, pode ser útil procurar aconselhamento financeiro profissional.

Os consultores financeiros podem te ajudar a criar um plano de pagamento, negociar dívidas, ou dar conselhos sobre como lidar com sua situação financeira.

Além disso, te ajudam a construir a sua reserva, e se proteger contra os riscos econômicos que envolvem a sua vida atualmente.

Saiba escolher empréstimo

Muitas vezes, não há outra forma de sair de uma crise financeira sem ser através da contratação de crédito. Mas tudo bem, essas situações acontecem!

Contudo, se realmente for necessário, evite contratar créditos com taxas de juros muito altas, como cheque especial ou rotativo do cartão de crédito.

Nesses momentos, vale mais a pena separar um tempo para realizar simulações, e encontrar alguma opção de crédito que realmente compense. Nossa dica é tentar conseguir empréstimos pessoais ou crédito consignado.

Esperamos que as nossas dicas para lidar com a crise financeira te ajudem quando for necessário!

E se você sabe de mais alguma estratégia boa para aplicar nesses momentos, não deixe de compartilhar aqui com a gente! Até logo!

Leia também