Impacto da tendência cashless para as novas gerações

Publicidade

Você já imaginou um mundo sem dinheiro físico, onde todas as transações são feitas apenas de forma eletrônica. Pois essa realidade já pode estar muito mais próxima do que você imagina!

Publicidade
Fonte: Google Imagens

A verdade é que o mundo como um todo, está se movendo e evoluindo muito rápido, principalmente quando o assunto é tecnologias voltadas para o mercado financeiro.

Publicidade

Nos últimos anos, nós, brasileiros, conseguimos acompanhar e visualizar bem de pertinho essa evolução.

Dela, surgiram sistemas muito importantes para a nossa rotina de compras, vendas e transações hoje, como o Pix e o Open Banking.

Dentro desse cenário, uma das próximas evoluções dentro do mercado financeiro que está sendo aguardada ao redor do mundo todo, e que já está em andamento, é a tendência cashless.

Publicidade

O cashless, basicamente, representa um mundo em que o uso do dinheiro em espécies, será reduzido ao mínimo. Dessa forma, todas as transações poderão ser feitas de forma totalmente eletrônica, através de diversos recursos.

E como é de se esperar, sem dúvida, a tendência cashless terá um grande impacto nas novas gerações. Assim como todas as novas tendências provocam.

Portanto, se você quer conhecer melhor sobre esse mundo cashless, e compreender como ele vai impactar a nossa realidade e as próximas gerações, continue a leitura!

A realidade cashless atualmente

Aqui no Brasil, ainda é muito comum utilizar o dinheiro em espécie para realizar alguns pagamentos, apesar do crescente uso de cartões e transferências virtuais.

Assim, é muito fácil encontrar alguém realizando compras em lojas, mercados, padarias e qualquer outro tipo de comércio em dinheiro físico.

Mas, em alguns outros países ao redor do mundo, esse ato está praticamente extinto. Esse é o caso do Canadá, por exemplo, onde apenas 5,4% das compras são feitas em dinheiro em espécie. Na Noruega, essa taxa cai para 4,5%.

Outro dado muito interessante sobre a tendência cashless atualmente, é apresentada ao mundo pelo Conselho Europeu de Pagamentos (EPC).

Ela mostrou que as transações em dinheiro em espécie na Suécia representaram, no ano de 2019, apenas 1% do PIB do país.

Falando dessa tendência aqui no Brasil, alguns estudos mostraram que o PIB já é utilizado por mais de 70% da população brasileira, como meio de transferência de dinheiro e de pagamentos no dia a dia.

Inclusive, algumas empresas passaram a utilizar o PIB como forma de pagamento do salário dos funcionários.

E a tendência cashless para as novas gerações?

Lembra quando você ia na cantina da escola com as suas moedinhas para comprar balas, chicletes e salgados? Pois é! Isso já não é mais uma realidade para as crianças e adolescentes de hoje em dia.

Para os pequenos, essa tendência de maior proximidade com o dinheiro online é ainda mais forte, mas menos perceptível. Pois eles estão crescendo em um meio onde o dinheiro virtual é muito mais comum.

Publicidade

No dia a dia das crianças e adolescentes, é comum não apenas ver os pais e pessoas ao redor realizando os pagamentos com cartão ou celular.

Mas, além disso, eles também já estão tendo acesso a esses meios de pagamento, que são até mais seguros para eles mesmos.

Além disso, as crianças já estão familiarizadas com compras em apps, em lojas onlines, dentro de videogames e, até mesmo, em aplicativos de comida.

Com isso, o hábito de contar dinheiro e levar notas e moedas na carteira, está cada vez mais escasso entre os jovens e pequenos, mostrando que essa nova geração já está bem familiarizada com a tendência cashless.

Cartões para crianças e adolescentes

Um dos produtos do mercado financeiro que mais estão ajudando a inserir as crianças e jovens dentro da tendência cashless, foi o cartão próprio para crianças e adolescentes.

Como o uso de dinheiro em espécie começou a diminuir, acabou levando à escassez de moedas e notas, e os pais precisam buscar uma solução para passar dinheiro para os filhos.

Vendo essa necessidade, as instituições financeiras começaram a desenvolver produtos voltados a atender essa demanda.

Os cartões para jovens e adolescentes permitem que eles tenham um contato bem mais cedo com a educação financeira. Ao mesmo tempo em que os pais ajudam a controlar os gastos e as movimentações dos filhos, dando muito mais segurança.

Publicidade

Os próprios responsáveis podem solicitar esses produtos, que também podem acompanhar todas as transações feitas pelos filhos.

Portanto, esse produto é uma ótima maneira de ajudar a inserir essa vivência prática das novas gerações com o dinheiro digital, de uma maneira bem segura e controlada.

Com isso, os pais podem transformar o que seria a mesada mensal dos filhos, em um recurso voltado para a educação financeira.

Vantagens do dinheiro digital para as novas gerações

Uma das principais vantagens do dinheiro digital, e da tendência cashless para as novas gerações é, sem dúvida, a aprendizagem da educação financeira desde cedo. Aliás, algo que não tivemos neste período de nossas vidas.

No Brasil, a aprendizagem financeira ainda é muito deficiente. Por isso, a tendência cashless parece ser uma ótima aliada nesse sentido. Pois permite que as crianças cresçam com muito mais entendimento sobre dinheiro.

Assim como também aprendem como manuseá-lo e guardá-lo corretamente.
Além disso, as compras com cartões e celular, oferecem muito mais segurança para os filhos e para toda a família.

Publicidade

Além disso, também possibilita a criação de um planejamento financeiro, incentivando-os, desde cedo, a criar poupanças para realizar os seus objetivos, por exemplo.

Como os pais devem lidar com a tendência cashless?

Dentro desse cenário que descrevemos, o mais indicado é que os pais trabalhem dentro dessa nova realidade, inserindo os seus filhos, e colocando-os em contato com as novas tendências.

Isolar as crianças e adolescentes dessa nova tendência, pode acabar dificultando o processo de aprendizado sobre a vida financeira depois, impactando negativamente o crescimento deles.

Por isso, é muito importante tomar consciência sobre essa tendência da mudança do dinheiro físico para o dinheiro digital, e entender que essa mudança, aparentemente, tem muitos benefícios a trazer. E quanto antes as crianças se prepararem, melhor tende a ser o resultado dessa inovação no futuro.

E você, o que acha da tendência cashless? Compartilhe esse conteúdo com quem você sabe que se interessa pelo assunto, e ajude a espalhar mais conhecimento financeiro.

Leia também