Imposto de Renda 2023: quem precisa declarar?

Publicidade

Chegou o momento do ano de conferir quais são as atualizações sobre a tabela do Imposto de Renda 2023, que vai impactar diretamente no valor de imposto que você paga mensalmente ao receber o seu salário!

Publicidade

Mas, caso você ainda não tenha muita familiaridade com esse assunto, a tabela de IR, basicamente, é a que vai reunir todas as informações sobre como será o cálculo do valor do imposto que os contribuintes precisarão pagar todos os meses.

Publicidade

O cálculo e a atualização da tabela do Imposto de Renda ocorrem todo ano, pois serve para informar para toda a sociedade, quais serão as novas regras e valores das alíquotas do IR para o ano.

Publicidade

Desse modo, define-se o percentual que será aplicado em cima do salário, e os valores de base para a aplicação dos tributos.

Por isso, é muito importante se atualizar sobre o assunto todos os anos, e conhecer a alíquota de Imposto de Renda atual. Assim, você consegue se organizar melhor financeiramente para o ano.

Logo, vamos te contar aqui todos os detalhes sobre a tabela do Imposto de Renda do ano de 2023, como ficaram os valores atualizados, e todas as informações extras sobre o assunto que você precisa ter em mente.

Portanto, acompanhe a leitura para conferir todos os detalhes!

O que são as “alíquotas” do Imposto de Renda?

Enfim, uma dúvida muito comum quando o assunto é tabela de IR, está relacionada com o termo “alíquota” do Imposto de Renda.

Então, falando de uma maneira bem simples, a alíquota do IR é, nada mais nada menos, que a porcentagem que será utilizada para realizar o cálculo de quanto cada contribuinte precisará pagar de imposto.

Dessa forma, a alíquota do IR sempre varia de um cidadão para outro. Afinal, ela considera a faixa de renda. Desse modo, como regra geral, quanto maior for a renda do contribuinte, maior será a alíquota do IR.

Assim, a tabela de IR utilizada para fazer o cálculo do imposto é composta pela porcentagem, pela parcela que será deduzida, e pelo rendimento base do cidadão.

Publicidade

E como ficou a tabela do IR para 2023?

Até agora, focamos em explicar um pouco mais sobre o que é a tabela do IR, a alíquota e como o cálculo é feito.

Mas, agora, vamos falar do que realmente interessa: a tabela de Imposto de Renda atualizada para 2023.

De acordo com o site oficial do governo, o Gov.br, a nossa tabela de IR recebeu a seguinte configuração:

Rendimento tributável mensalAlíquota cobradaValor a deduzir do IR
até R$ 1.903,98IsentoR$ 0
de R$ 1.903,99 a R$ 2.826,657,5%R$ 142,80
de R$ 2.826,66 a R$ 3.751,0515%R$ 354,80
de R$ 3.751,06 a R$ 4.664,6822,5%R$ 636,13
acima de R$ 4.664,6827,5%R$ 869,36
Fonte: Gov.br

Isso quer dizer que contribuintes que recebem um salário mensal de até R$1.903,98, estão isentos da cobrança da alíquota do IR.

Contribuintes que recebem entre R$1.903,99 e R$2.826,65 deverão pagar uma alíquota de 7,5% mensalmente; entre R$2.826,66 e R$3.751,05, de 15%; entre R$3.751,06 e R$4.664,68, de 22,5%; e acima dos R$4.664,68 de 27,5%.

Então, para descobrir qual será o valor da alíquota de IR que você pagará mensalmente, basta identificar qual é a sua faixa de renda, e fazer o cálculo do percentual em cima do valor da sua renda mensal.

Quem precisa declarar o IR em 2023?

Para o ano de 2023, a declaração do Imposto de Renda precisa ser feita entre os dias 15 de março e 31 de maio.

Contudo, existem alguns critérios que ajudam a definir quem precisa fazer a declaração do Imposto de Renda do ano. Confira quais são eles:

  • Se o total de rendimentos tributáveis do ano anterior (2022) ultrapassa os R$28.559,70;
  • Se houve um ganho superior a R$40.000,00 em rendimentos não tributáveis, isentos ou que estavam retidos na fonte;
  • Em caso de o cidadão ter tido alguma ganho de capital com a venda de direito ou de bens;
  • Quando foram feitas operações dentro da Bolsa de Valores que ultrapassaram R$40.000,00;
  • Se, no ano de 2022, os ganhos em atividades rurais passaram de R$142.798,50;
  • Se o cidadão é dono de algum bem que vale mais do que R$300.000,00;
  • Caso a pessoa tenha passado a morar no Brasil em 2022, independente de qual foi o mês.

Portanto, se você se encaixa em qualquer um desses critérios, é necessário realizar a declaração do IR em 2023.

Mas, caso o contribuinte não faça a declaração até o último dia estipulado pelo governo, ele corre o risco de cair na chamada malha fina, e acabar colocando o CPF em situação irregular, o que pode acarretar em problemas com a justiça.

Pontos importantes sobre a tabela de Imposto de Renda de 2023

Compreender como é o funcionamento da tabela de IR para o ano vigente, é a melhor forma de conseguir descobrir qual o valor de tributo que você precisará pagar.

Publicidade

Como comentamos, o cálculo desse tributo é feito em cima do rendimento tributável anual e considerando a alíquota do IR, que vai aumentar conforme o nível de renda do contribuinte.

Por isso, é importante que você tenha em mente alguns pontos fundamentais sobre a tabela de IR 2023, que podemos resumir em:

  • A alíquota é referente à porcentagem que servirá para o cálculo do valor que o contribuinte deve pagar de tributo. Essa porcentagem sempre se aplicará sobre o rendimento tributável, e varia conforme a faixa de renda, como explicitamos na tabela;
  • Como regra, quanto mais o cidadão ganha, maior será o percentual da sua alíquota seguindo, portanto, a ideia de que quem ganha mais, deverá pagar mais impostos;
  • Todos os cidadãos que se encaixam em pelo menos um dos critérios que listamos mais acima, deve fazer a declaração do IR dentro do período estipulado pelo governo;
  • Caso o contribuinte não realize a declaração de Imposto de Renda dentro do prazo previsto, e se encaixe em um dos critérios, ele pode cair na malha fina. Assim, o seu CPF também será afetado.

Esperamos ter ajudado a entender um pouco melhor sobre a tabela do Imposto de Renda 2023!

Enfim, não deixe de compartilhar o conteúdo com quem você sabe que também precisa ficar por dentro das atualizações sobre a tabela, e sobre a declaração do Imposto de Renda para este ano de 2023!

Leia também