O que é Copom?

Publicidade

O que é Copom? Tire todas as suas dúvidas sobre o Comitê de Política Monetária.

Publicidade
Fonte: Banco Central do Brasil

Você já deve ter visto diversas notícias pressupondo as mudanças na taxa Selic. Essas notícias são lançadas principalmente nas vésperas das reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom).

Publicidade

Contudo, por mais que você tenha tido acesso a essas notícias, pode ser que não conheça ao certo o que é o Comitê de Política Monetária (Copom), e qual a importância que esse comitê tem em nosso país.

O Copom está diretamente relacionado a taxa de juros básica, também conhecida como taxa Selic. Pois, nas reuniões entre os membros do Comitê de Política Monetária (Copom), define-se as diretrizes dos valores da Selic.

Publicidade

É nessas reuniões que os membros decidem se vão modificar ou manter as taxas de juros básica (Selic).

Além disso, é o Copom que também toma decisões em relação a diversas questões, que influenciam e causam impactos na economia do Brasil

Nesse artigo, você terá informações que te ajudarão a entender melhor o que é e como funciona o Copom, além de descobrir sua importância na economia brasileira, e quais são os integrantes que formam esse comitê.

O que é e como funciona o Copom?

O Copom é a sigla utilizada para abreviar o nome Comitê de Política Monetária. Trata-se de um órgão do Banco Central do Brasil

A sua criação tinha como objetivo, estabelecer os mais importantes critérios sobre a economia do Brasil, que causam impactos diretamente nos investimentos do país.

Voltado totalmente para acompanhar a política monetária do país, o Copom foi criado em 1996. Desde então, o Copom ganhou o posto responsável por estabelecer diretrizes a respeito das taxas de juros básica, a Selic

O funcionamento do Copom ocorre através de reuniões que, geralmente, acontecem por dois dias seguidos, e a cada 45 dias. 

O Comitê utiliza um amplo conjunto de informações para a tomada de decisão. Essas decisões têm como base, a avaliação do cenário macroeconômico. Além dos principais riscos que estão associados a ele.

Os membros do Copom que estão presentes na reunião votam e, logo após a decisão, ocorre a divulgação de forma online

Após definir a taxa de juros Selic, o Banco Central atuará diariamente, para conseguir manter a taxa de juros próxima ao valor da mesma.

Qual é a sua função e importância para a economia do país?

Agora que você entendeu o que é e como funciona o Copom, deve estar se perguntando qual é a importância desse comitê para o país. 

Para que você consiga entender qual a importância que o Copom tem na vida das pessoas que investem, será preciso, em primeiro lugar, entender qual é a função desse órgão na economia brasileira.

O Comitê de Política Monetária é um órgão de extrema importância, pois apresenta como função, definir coisas como as políticas monetárias, como o controle da oferta de moedas em questão que estão relacionadas a concessão de créditos.

Publicidade

Além disso, o Copom é totalmente responsável por divulgar um relatório de inflação a cada trimestre. Esse relatório tem como função, analisar a evolução recente, e as perspectivas da economia.

Mas a parte mais aguardada pelos investidores, é a definição das taxas de juros básica (Selic). Administrar a Selic é uma tarefa muito importante, pois ela serve como referência para os demais juros da economia.

Taxa Selic e Copom: qual é a relação?

Como mencionamos acima, uma das responsabilidades do Copom é a definição das taxas de juros básica (Selic). 

Dessa forma, a cada 45 dias, os membros do Comitê se reúnem para, decidir se a taxa de juros básica da economia brasileira será modificada ou não.

O Copom foi fundado como uma solução para regular a economia brasileira, visando tornar esse processo mais eficaz e transparente. Um dos principais objetivos das suas reuniões, como dissemos, é definir a taxa Selic.

Publicidade

A taxa de juros básica, ou taxa Selic, nada mais é do que a taxa média cobrada nas negociações que são feitas com títulos emitidos pelo Tesouro Nacional. Que são registradas diretamente no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic).

A decisão tomada nessas reuniões, interfere diretamente em todo o mercado de investimentos. Assim como também interfere no valor da moeda nacional e no preço das mercadorias. Ou até mesmo nos serviços disponibilizados no Brasil.

Vale ressaltar que o impacto que isso causa no país, não se prende apenas aos investidores. Afinal de contas, todas as outras pessoas que não atuam nesse mercado também sofrem impacto. 

Menor poder de compra

Você já deve ter notado que, em alguns períodos, o seu dinheiro parece valer menos, pois o preço dos produtos está mais alto.

Significando que o seu poder de compra está reduzido, em outros períodos, acontece o contrário. Isso se dá por influência das decisões tomadas nas reuniões do Copom.

Publicidade

Entender a relação entre o Copom e a taxa Selic é bem simples, basta compreender que as decisões tomadas nas reuniões do Comitê de Política Monetária irão aumentar ou diminuir a taxa Selic, e que elas causam impactos diretos em toda a economia do Brasil. 

É a relação entre o Copom e a taxa Selic que contribui para o crescimento da economia, manutenção e recuo.

Por fim, se você gostou desse texto, poderá gostar também de outros relacionados a investimentos. Confira!

Leia também