Pagamento por aproximação – como evitar fraudes?

Publicidade

Pagamento por aproximação, confira as dicas que preparamos para você e aproveite ao máximo essa tecnologia!

Publicidade

A tecnologia para os pagamentos com cartão de crédito tem se desenvolvido cada vez mais. Desde 2019, surgiu o pagamento com o cartão contactless, ou NFC, que possibilita o pagamento por aproximação.

Publicidade

A partir de 2020, essa modalidade de pagamento ganhou muita adesão. Segundo a Associação Brasileira de Cartões de Crédito (Abecs), aumentou em 330% em relação a 2019.

Certamente, além da comodidade, o contexto da pandemia de Covid-19 contribuiu para que as pessoas aderissem a essa forma de pagamento que, além de mais rápida, também evita o contato direto com a maquininha do cartão.

Publicidade

Contudo, essa facilidade também gera certa insegurança. Afinal, muitas vezes, não é necessária nenhuma confirmação por senha. Desse modo, basta posicionar o cartão próximo à uma maquinha, para a realização da cobrança.

Por isso, é necessário ter alguns cuidados para aproveitar ao máximo essa tecnologia, e evitar possíveis fraudes.

Então, para saber dicas de como evitar fraudes nos pagamentos por aproximação, continue lendo este artigo. Pois selecionamos aqui, as melhores dicas para te ajudar!

Dicas para evitar fraudes em pagamento por aproximação

Confira aqui alguns cuidados que você deve ter para usar o cartão de crédito contactless com mais segurança!

1 – Antes de confirmar o pagamento, verifique bem o valor

É importante prestar muita atenção na transação que está sendo realizada. Sempre confira o valor do pagamento na maquininha, antes de aproximar o cartão para o pagamento.

Como o pagamento por aproximação é muito rápido e prático, você pode correr o risco de não observar o valor que está pagando.

Mas é essencial não esquecer de conferir essa etapa do pagamento, para não correr riscos de autorizar o valor incorreto.

Além disso, nessa modalidade de pagamento, você não precisa entregar o seu cartão para ninguém. Então, mantenha o seu cartão sempre com você, e preste atenção em toda a transação realizada.                                                                                

2 – Verifique constantemente o extrato de suas transações

Também é essencial estar atento ao extrato das movimentações feitas com o seu cartão, para perceber logo caso ocorra alguma cobrança indevida.

Hoje em dia, é mais fácil manter esse controle. Pois a maioria das empresas oferece aplicativos para acompanhar todas as informações sobre o cartão e seu uso.

Assim, você não precisa esperar a fatura do cartão chegar, para verificar as compras realizadas. Em geral, é possível acompanhar o extrato de compras em tempo real

Publicidade

3 – Ative as notificações no aplicativo

Ainda pensando na conferência do extrato pelo aplicativo, você também pode ativar notificações no App. Dessa forma, você receberá um aviso toda vez que algum pagamento for feito utilizando o seu cartão.

Então, toda vez que identificar uma transação suspeita, como uma notificação de pagamento que você não realizou ou com o valor incorreto, poderá tomar as providências de bloqueio do cartão, e pedido de ressarcimento rapidamente, evitando ainda mais transtornos.

4 – Use capas de cartão, ou bolsas e carteira com bloqueio RFID

A tecnologia por aproximação pode acabar deixando a pessoa mais vulnerável às fraudes. Sobretudo se você costuma estar em lugares onde as pessoas ficam mais próximas, como em feiras, lojas ou em transportes públicos.

Afinal, se alguém com más intenções aproximar uma máquina de sua bolsa ou carteira, pode ocorrer o risco de ser feita uma cobrança indevida no seu cartão.

Publicidade

Por isso, uma boa estratégia é proteger o seu cartão. Para isso, existem capas de cartão, carteiras e bolsas com bloqueio RFID.

As capas bloqueiam a frequência responsável por realizar a transação entre o cartão de crédito e a máquina de cobrança.

Com essa capa, você pode guardar o cartão onde achar melhor, sem correr o risco de ser vítima de uma transação fraudulenta. Pois só será possível realizar um pagamento por aproximação ao remover o cartão dessa capa.

As bolsas e as carteiras também funcionam com a mesma tecnologia de bloqueio. Assim, o seu cartão só poderá se comunicar com uma máquina de cobrança, se não estiver na bolsa ou carteira.

A diferença entre a capa de cartão e as bolsas ou carteiras, é que você pode usar a capa com diferentes bolsas e carteiras que você já tenha. Por isso, é mais prática!

5 – Verifique a distância entre a maquininha e o cartão

O pagamento por aproximação pode ser feito com uma distância de até 4 cm entre cartão e maquininha.

Portanto, é importante deixar o cartão um pouco mais distante da maquininha, até conferir os dados de pagamento e o valor. Só aproxime o cartão quando estiver certo de que os dados de pagamento estão corretos.

Publicidade

6 – Em caso de perda ou roubo, bloqueie o cartão

Em caso de perda e roubo do cartão, ou ainda quando você suspeita que está sendo vítima de fraude, solicite o bloqueio do cartão diretamente pelo aplicativo.

Pois, se você perder o cartão, ou alguém roubá-lo, poderá usá-lo com facilidade por meio do pagamento por aproximação. Pois não haverá necessidade da senha. Por isso, o bloqueio precisa ser feito o quanto antes.

Deve-se selecionar a opção de bloquear temporariamente no aplicativo.

7 – Caso seja necessário, desabilite a função

Uma boa estratégia para evitar fraudes, é habilitar e desabilitar a função RFID sempre que precisar. Como esse procedimento pode ser feito diretamente no aplicativo, você pode habilitar quando quiser usar.

Além disso, por segurança, a própria empresa do cartão de crédito restringe as operações realizadas por aproximação.

Desse modo, não é possível fazer mais do que 5 transações diárias. E o limite de cada pagamento é de R$ 200,00. Caso a compra ultrapasse o valor limite, será necessário digitar a senha para confirmar o pagamento.

Leia também