Petrobras e Eletrobras – Vale a pena investir nessas ações?

Publicidade

Petrobras e Eletrobras, quer investir mas tem dúvida se é seguro? No post a seguir, te ajudaremos a decidir se é viável ou não. Acompanhe!

Publicidade

O mercado de ações sempre é repleto de muitas incertezas. Por isso, muitas vezes surgem dúvidas sobre as vantagens de se investir ou não em papéis de determinadas empresas, como é o caso da Petrobras e Eletrobras, por exemplo.

Publicidade

No caso da Petrobras, suas ações tiveram uma queda brusca no início do ano, algo que ocorreu por causa das declarações críticas do Presidente da República, as quais deixaram os investidores desconfiados dos rendimentos da estatal.

Em geral, o mercado financeiro varia muito. Por isso, as ações que sofrem intervenções políticas, podem alterar rapidamente o seu quadro.

Por isso, tanto estatais quanto empresas privadas, podem apresentar aumentos e quedas de forma muito rápida. Afinal de contas, elas refletem o que se passa no cotidiano do país.

Publicidade

Assim, investidores devem estar sempre atentos ao que acontece no mercado. E, e no caso de empresas estatais, que são muito significativas na Bolsa de Valores, é preciso ter muito cuidado, para que interferências políticas não afetem os investimentos de forma negativa.

A interferência do presidente na Petrobras, chegou a impactar negativamente nas ações da estatal em 20%. Contudo, o Ibovespa conseguiu segurar a queda, caindo 5%, valor que foi recuperado posteriormente.

Petrobras e Eletrobras – Riscos no investimento

Essa grande instabilidade, e as incertezas sobre a administração das estatais, podem oferecer um risco que alguns investidores não estão dispostos a correr, o que leva alguns deles a decidirem por não investirem nessas empresas.

Podemos citar como exemplo, alguns acontecimentos que ocorreram no Brasil este ano, e que desestabilizaram totalmente as ações de estatais no mercado financeiro.

O mercado financeiro se viu abalado por três vezes em um período de apenas dois meses, com notícias que envolviam o comando de estatais.

Dentre essas notícias, temos o risco de demissão do presidente do Banco do Brasil pelo Presidente da República; a renúncia do presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, e a troca no comando da Petrobras estipulada pelo presidente do país.

Então, como quem controla as empresas estatais é o governo, especialistas alertam para o grande risco de investir nessas empresas para o longo prazo.

De acordo com especialistas, investir em estatais pode ser positivo quando se tem um governo liberal, que está investindo em melhorias para a empresa. Mas, para investimentos de longo prazo, é necessário ficar muito atento.

Publicidade

Investir em ações da Petrobras é um bom negócio?

Especialistas têm avaliado que existem vantagens de se investir na Petrobras por causa do valuation, que contribui para a identificação de preços mais justos para ações.

Contudo, existem incertezas no que se refere à troca de comando da estatal, algo que deixa os investidores receosos.

Isso porque a mudança na governança da empresa resulta na constituição de um novo conselho que não se sabe como o mercado vai avaliá-lo. Além disso, podem ocorrer mudanças na geração de caixa da estatal, e também na política de preços.

O direcionamento das commodities da estatal, também é uma preocupação para quem pensa em investir na Petrobras. A princípio, esse valor está em alta, o que ocorre em decorrência da retomada da economia no mundo, que é muito bom para o petróleo.

Contudo, quando esse primeiro momento de euforia passar, não se sabe o que terá pela frente, e os rumos das commodities podem se alterar.

Por isso, antes de se decidir ou não pelo investimento é necessário estudar um pouco sobre as ações, e avaliar bem o mercado. Para isso, é fundamental pesquisar por informações mais completas antes de realizar o investimento.

Publicidade

Para investidores mais conservadores, investir em estatais é sempre complicado, pois elas são muito instáveis. Portanto, esse tipo de investimento é de risco alto.

Investimento em estatal

É importante saber que colocar uma estatal na carteira de investimentos é arriscar mais, pois essas empresas sofrem interferências do governo, conforme o preço do dólar, e conforme as variações nos valores dos barris de petróleo.

Isso quer dizer que o investimento na Petrobras é ideal para investidores que tenham um perfil mais arrojado, ou seja, que estarão dispostos a correr mais riscos com as instabilidades da estatal.

Para quem decidir correr mais riscos, e colocar ações da Petrobras em sua carteira de investimentos, a recomendação é comprar ações de prazos mais curtos. Pois é possível avaliar melhor o contexto do mercado, e evitar perder dinheiro.

Investir em ações para prazos mais longos é um risco muito grande. Afinal, não é possível avaliar o comportamento da estatal no longo prazo. 

Vale a pena investir na Eletrobras?

A Eletrobras também é uma estatal que tem se mostrado muito incerta para investidores. A maioria dos especialistas não tem muitas expectativas para a empresa, principalmente por conta das incertezas sobre a sua privatização.

Publicidade

O fato de o governo Bolsonaro ter entregado uma medida provisória – MP para a privatização da estatal, aumentou as incertezas sobre o futuro da empresa.

A MP prevê que o BNDES comece os estudos para desestatizar a Eletrobrás e as subsidiadas dela, menos a Itaipu Binacional e a Eletronuclear.

Especialistas afirmam que é provável que o processo de privatização ainda demore um tempo para ser concluído.

E que essa desestatização pode até ser positiva para a empresa, pelo fato de que o risco de mudanças bruscas na governança diminui bastante, o que facilita a vida dos investidores.

Contudo, ainda não é possível saber o que vai acontecer com a empresa no futuro, de modo que, no momento, o investimento em ações da Eletrobras pode ser muito arriscado.

No entanto, vale a mesma dica do investimento na Petrobras. Então, caso decida investir, prefira ações de curto prazo. Além disso, também é importante aguardar o desdobramento da privatização da empresa para pensar em novos investimentos.   

Conclusão

Em conclusão, é possível dizer que investimentos de longo prazo em estatais como a Petrobras e Eletrobras oferecem um risco maior.

Por isso, só são ideais para investidores de perfil muito arrojado. Além disso, também não é bom ter muitas dessas ações na carteira de investimentos.

Contudo, se for feita uma boa análise de mercado, é possível se decidir melhor por esse tipo de investimento.

Como dito anteriormente, não se esqueça também de avaliar bem o cenário, já que essas estatais sofrem interferências das ações do governo, do valor do barril e também do dólar.

Gostou do artigo? Aqui no Blog Genyotech você encontra assuntos relacionados a finanças, empréstimo, cartão de crédito, outros tipos de investimentos e muito mais? Confira! 

 

Leia também